2007-02-09

Com este filme, qualquer um fica com "Happy Feet"! É impossível resistir.

Quando Mumble (um pinguim recém nascido) descobre que é o pior cantor do mundo, todos à sua volta ficam preocupados. Afinal, pinguim que é pinguim sabe cantar!!! Senão, como é que encontrará o seu verdadeiro amor?

Mas mesmo não sabendo cantar, Mumble tem outro talento muito próprio: o sapateado! E apesar de não ser bem aceite pela maior parte da sua comunidade, incluindo o pai e Noah (o rigoroso e ultra-conservador líder dos Pinguins Imperador), Mumble irá tentar provar (juntamente com um novo e animado grupo de amigos) que é possível fazer toda a diferença no mundo, desde que se mantenha fiel a si próprio. Contando com as vozes de Elijah Wood, Robin Williams, Brittany Murphy, Hugh Jackman ou Nicole Kidman no original, "Happy Feet" foi o filme de animação deste Natal
.

Posters
Clique numa Imagem para ampliar.




Wallpapers
Clique numa Imagem para ampliar.











Título original: Happy Feet.
Actores (vozes): Elijah Wood, Robin Williams, Brittany Murphy, Hugh Jackman, Nicole Kidman.
Realizador: George Miller.
Argumento: Warren Coleman, John Collee, George Miller, Judy Morris.
Género: Animação, Aventura, Comédia.
Estreia: 07 de Dezembro de 2006.

Vejam um Bom Filme Esta Noite!

3 comentários:

LopesCa disse...

Animação muito boa mas custou-me aguentar a constante cantoria.
Educa crianças e adultos :)

http://lopesca.blogspot.com/2007/02/cinema-happy-feet.html

AL-Finete disse...

Como já disse no teu blog, achei que a questão ecológica tornou o filme um pouco mais pesado que o normal para uma criança pequena, mas importante, claro.
Eu até gostei das músicas (excepto os "grasnares" do Mumble que são muito irritantes!!!), mas "Los Amigos" são espectatulares e dão muita vida ao filme.

Cumps,

AL.

Herberto disse...

É normal que Mumble seja assim desde que o seu pai deixou cair o ovo. É uma história não importa se é irritante. Tudo isso são palavras para desencorajar o pessoal que gosta do filme. Eu gosto do filme, ou melhor eu amo. Foi a melhor invenção de uma mente brilhante. Acho que ninguém tinha pensado em fazer pinguins desse género. São quase humanos e mostram certas partes humanas. Se eles existissem de verdade, eu gostava de ser um deles. Para criar uma espécie destas era então necessário genética, e muitos anos de experiência e busca cientifica.